Google+ Followers

sábado, 30 de outubro de 2010

O AMOR NÃO TIRA FÉRIAS!


Ontem curtindo o fim das minhas férias com uma melancolia que bateu em mim de repente, pensamentos confusos por toda esse turbilhão sentimental que vem acontecendo comigo ultimamente, ou melhor nas minhas férias, fiquei com vontade de alugar um filme.

Fui procurar na locadora uma aventura legal , mas acabei caindo mesmo na velha “comédia romântica” piegas,mas que no fundo são boas mesmo.

“O AMOR NÃO TIRA FÉRIAS!”

Me fez até refletir um pouco sobre minha relação atual. Mês passado eu estava totalmente focada no trabalho e na faculdade e nessas minhas férias eu tenho trabalhado muito também por conta da campanha eleitoral, mas nesse caso conhecendo muita gente e conseqüentemente surgindo romances. Aqueles velhos romances de férias que provavelmente devem acabar quando elas terminam.

Bem nas minhas férias,enquanto eu procurava uma aventura e me aventurei muito por sinal, encontrei algo mais forte , mas estou conseguindo me sair, eu acho.

Mas o filme jogou um balde de água fria em mim, por me fazer perceber o quanto insisto nas pessoas erradas.

Você tenta esquecê-la, fugir , buscar outros meios , mas é só esse alguém te ligar e você já deixa ela entrar na sua vida começando um novo ciclo de melancolia, até o momento que você percebe o quanto desperdiçou tempo e outras pessoas que passaram diante dos seus olhos, perdendo oportunidades de ser realmente feliz. Exaltamos a pessoa que gostamos e muitas vezes nos desmerecemos, esquecemos aquele “amor próprio”.

Um diálogo que me chamou atenção no filme é quando Miles (Jack Black) descobre que foi traído pela sua namorada e com isso Íris(KateWinslet) tenta consolá – lo.

Miles:

- Por que sempre sinto atração por uma pessoa que sei que não é boa?

Iris diz:

- Eu sei a resposta. Porque esperar está errado.E sempre que ela mostra que não é boa,você ignora.E sempre que ela age como você gosta ela te surpreende e te reconquista e você esquece os motivos que de que ela não era pra você.

Miles diz:

- E tem sempre aquele chavão para nos martelar de que ele não acredita...

”Como uma garota assim se interessou por um cara como eu?”

Está provado, filmes de comédias românticos são realmente úteis para nos explicar todas essas complicações do amor que insistimos em viver e que algumas vezes são divertidas, mas em outras nos fazem sofrer bastante. Pena que na vida real as histórias nem sempre têm finais felizes.

Mas enfim, vamos errando por aí, uma hora o certo aparece.

Esse filme, eu recomendo!

Estrelando: Cameron Diaz, Kate Winslet, Jude Law, Jack Black, EliWallach, Rufus Sewell, Edward Burns, Shannyn Sossamon.

Dirigido por: Nancy Meyers

Produzido por: Bruce A. Block, Nancy Meyers

O amor está em movimento eterno, emvelocidade infinita.
O amor é um móbile.
Como fotografá-lo?
Como percebê-lo?
Como se deixar sê-lo?
E como impedir que a imagem sedentária e cansada do amor não nos domine?
Minha resposta? O amor é o desconhecido.
Mesmo depois de uma vida inteira de amores,
O amor será sempre o desconhecido...

(Vênus – Paulinho Moska)


CURTE ESSE LINK AÍ!!

http://www.youtube.com/watch?v=6PxH8eXoO6w


É DISSO QUE PRECISO...




É DISSO QUE PRECISO

SEMPRE QUE MINHA MENTE DÁ UM NÓ.

FORÇA, FÔLEGO, CORPO

MÃOS, BOCAS...

ENFIM...

É DISSO QUE PRECISO!

É de você que preciso...


Não quero que me assuma, nem que coloque uma aliança no meu dedo e muito menos ande de mãos dadas comigo para exibir nossa felicidade aos outros. Não temos uma história, o que temos é um caso e todos sabem diferenciar uma história de um caso.

Muitos homens falam que não sou mulher de ter um caso...Mas o que tem de ruim nisso?O proibido é afrodisíaco, deve ser por isso que deixamos tudo como está.Temos uma atração muito forte que se transforma em paixão e a paixão se caracteriza por ser repentina, mas muito intensa.

Passo semanas sem vê-lo, mas você transforma uma noite inteira em eternidade, guardo seu olhar sempre quando nos despedimos, aliás, o olhar mais sedutor que já me olhou.No meio de tanta gente e barulho eu encontro teu olhar e já entendo tudo o que ele quer me dizer.

Uma noite com você alimenta toda minha semana, faz ela ter sentido me traz expectativa para o próximo encontro sem hora e lugar certo

Casos, não são histórias de amor , são apenas desejos a serem saciados...E eu recomendo para todos, pois faz muito bem para saúde, para mente, para o coração e para o ego.

...qualquer calmaria me dá solidão...(Paulinho Moska)

ESTACIONAMENTO!


Como um olhar pode dizer tanta coisa...

Nada de palavras!

Em apenas um olhar você começa uma história proibida.

É engraçado como certas pessoas me atraem de uma maneira diferente sem ao menos fazer um esforço somente com um olhar e você sente algo por dentro, um arrepio, um fogo, ou melhor, tesão mesmo.

E fico agora me perguntando...Para que serve um estacionamento?Essa pergunta é séria e cheguei a conclusão que não serve apenas para o óbvio, ou seja, estacionar carros ou então um meio de sobrevivência para alguns, como os flanelinhas, mas um estacionamento serve para encontros sórdidos.

Está quente ou frio??Não sei dizer o misto de sensações que tive no meu trajeto.

Assim foi meu caminho de ida ao carro, mão gelada e pensamentos confusos,passos trêmulos querendo retornar , mas uma força maior me fazia seguir em frente.

Sem programar nada, no meio de um curso, várias pessoas junto a mim e uma ligação que muda o meu dia com uma oportunidade de aventura repentina.

Consciência pesada, mas ao mesmo tempo uma adrenalina muito grande. Eu tento ter juízo, tento controlar meus atos, mas minha loucura é maior que tudo e deixo ela me controlar na maioria das vezes.

Aventuras perigosas, como isso é bom faz sentir -me viva... Não tem explicação,mesmo tendo plena consciência de meus atos falhos.

Clima queeeeente!!!É preciso abrir a janela do carro, um disfarce , um papo e as regras dos jogos são colocadas.

Tudo na minha vida é um relâmpago e essa história não vai ser diferente!

Meia idade pra ele, e eu em uma quase idade decente (não existe esse termo, mas tudo bem!), em pensar que tudo começou com um olhar, uma piscada e terminará da mesma forma,não com uma piscada, mas com um olhar indiferente.

O que aconteceu mesmo??Iihh, já esqueci dessa história!

Agora mais do que nunca é hora de estacionar essa história,ou melhor...É PROIBIDO ESTACIONAR.No caso, eu tenho que seguir em frente,sozinha como sempre...Acostumei e de certa forma tudo fica mais fácil pra mim, assim à minha maneira!

...pois já não vales nada, és página virada descartada do meu folhetim...

ACREDITE NO AMOR!


Muitos leem meu blog e dizem que eu estou zombando do amor a todo tempo,em tudo que escrevo e penso. Talvez eu esteja até fazendo isso mesmo, as vezes pra fugir dele ou até por correr atrás dele da forma mais errada possível ou então me escondendo atrás do medo, do medo do relacionamento, encontrando um defeito em cada pessoa que conheço ou querendo tudo da forma mais difícil e a pessoa mais complicada.Na verdade eu vivo em outro mundo, onde tudo é do meu jeito e as pessoas são a minha maneira.

É difícil administrar tantas pessoas no mundo real, mas meu medo de viver uma história é tão maior que prefiro não me arriscar , ou então me arrisco em várias pessoas ao mesmo tempo, mesmo sabendo que vai durar pouco tempo e que mais uma vez viverei a melancolia da solidão que eu mesma procurei.

Por isso, todos vocês não se inspirem em mim, acreditem no amor e quando ele passar a sua frente segure-o, não solte-o, arrisque-se, mesmo perdendo, tente...Perder mesmo que tentando é sempre muito nobre...

Acredite, mas não da minha maneira, da sua maneira, SEMPRE!

Eu mesma sou uma tola que finjo que não sinto e não quero, mas não paro de falar nele, no caso, O AMOR!

E esse post é para alguém que deixei escapar!(longe, longe...)

Karla Ramalho

Matar o sonho é matarmo-nos. É mutilar a nossa alma. O sonho é o que temos de realmente nosso, de impenetravelmente e inexpugnavelmente nosso.

Fernando Pessoa

Inércia!


Período de inércia em minha vida, mas dentro de mim existe um turbihão, vida interna que não pára nunca, idéias que não se encaixam, não entram em consenso...

Não passo de uma idéia que fiz de mim mesma e que as pessoas fazem de mim ou de tudos que elas esperam que eu seja ou que eu faça...

Meu labirinto interior cada dia busca sentido, cada dia tenta achar o caminho certo, ou criar saídas, em todos os cantos e lados, a saída existe nem que a gente invente...Alguém se habilita a me ajudar?

Karla Ramalho

"...procuro a solidão, como o ar procura o chão, como a chuva só desmancha pensamentos sem razão..."(Ana Cañas)

Sagitariana procura namorado!


Já viu um anúncio desses antes?

Pois e , estou publicando ele agora e não vem achar que isso é estranho, pois entranho mesmo é uma sagitariana nata querer algum relacionamento estável, no entanto, estou analisando todas as possibilidades.

Encontrei um libriano por aí,charmoso, meio sexy , meio metido eu confesso, mas resolvi experimentar...Um encontro , uns amassos, mas o nosso lance mal começou e ele já quis me “podar”...Coitado!Ele não sabia o mal que estava fazendo, controlar alguém de sagitário, uma missão mais que impossível.

Acho que minha flecha acertou a pessoa errada, mas a minha maior vantagem é que supero rápido, não sei balancear nada como os librianos, pra mim vale tudo!

Andando por lugares desconhecidos encontrei um caranguejo, ou melhor, um canceriano, confesso que foi uma experiência nova, pois eles nunca cruzam o meu caminho e eu também nunca fui atrás deles, mas não custa nada experimentar e esse eu fui mais adiante, porém esqueci que cancerianos vivem uma história de amor em uma semana ou em uma noite, nunca me surpreendi e gostei tanto de um caranguejo , cheguei até a crer que minha flecha tinha acertado pela primeira vez na vida.Pode não parecer, mas os cancerianos são os maiores cafajestes, aqueles que dizem que amam, mandam flores e no outro dia somem.

Puxa! Estou sem balancear nada com o libriano e não vou ser mordida tão cedo pelo caranguejo, que no caso é o tal canceriano.

Ai que saudade do meu peixinho, que está nadando lá no Goiás, longe de mim, minha flecha o acertou de raspão, deve ser por isso que nosso romance é tão incerto assim, mas eu garanto que sei nadar muito bem!

Karla Ramalho

Deixe-me ir, preciso andar vou por aí a procurar, rir pra não chorar... (Cartola)

História sem fim!


Minhas histórias nunca têm finais felizes e não é porque a pessoa é errada ou porque sofro é porque nunca tenho paciência de chegar no final delas, no meio do caminho acho que a história começa a ficar desinteressante e paro por aí...Às vezes o final tem tudo pra dá certo, aí tropeço nos meus medos, ou sei lá o quê.

Quero a liberdade, mas isso me custa muito caro, custa um amor que não se vive, uma história que não acontece, um final que não sei de pode ser feliz um dia.

Estou pensando em alguém agora, alguém de uma história mal terminada e mal contada, como sempre não chegou ao fim... Pra falar a verdade, o fim nunca é legal.

Por que essas histórias de contos de fadas têm um fim???

Então, contos de fadas não são legais, tudo tem continuação e precisa de uma paradinha básica para ter um pouco de graça.

Quer dizer que o príncipe e a princesa vivem no castelo cercado por um bosque, o tempo todo fazendo amor, sem nenhuma briguinha pra esquentar a relação??

E a TPM??

Vai dizer quer princesa não tem TPM?? Sem falar que todo homem quando casa, engorda e adora sentar no sofá pra assistir um futebol e tomar cerveja...Será que a princesa atura isso??

Mas até que o príncipe é bonitão, mas é muito lerdo concorda com tudo, bonzinho demais, mulheres não gostam de homens bonzinhos demais, tem que ter opinião, mesmo que a da mulher seja a mais importante.

Olha eu "melando" o relacionamento alheio!!

Tenho que deixar o príncipe e a princesa serem felizes, eu é que estrago minhas histórias mesmo, assim como estraguei essa última.

Só acho que nos lugares que ando todos o príncipes são sapos... Alias, príncipes bebem??Nunca encontrei um em uma mesa de bar, tomando uma cerveja e ouvindo Paulinho da Viola.

Poupe-me! Acho que prefiro os “sapos”, não são tão bonitos, mas são mais interessantes e com eles eu não preciso terminar a história.

Fico aqui com essa história mal contada(eu adoro isso)!!

Karla Ramalho


“...ficaram as canções e você não ficou...”(Roberto Carlos)

sábado, 23 de outubro de 2010

Novo endereço!

Estou mudando de endereço virtual, antes tinha outro blog onde postava minhas poesias, meus textos acadêmicos e minhas histórias sórdidas, então resolvi separar os assuntos, pois existem certo tipo de coisas que nã0 se misturam...
Nesse blog, a partir de hoje colocarei meus textos pessoais e no antigo, postarei meus poemas e textos diversos, por isso declaro inaugurado esse meu novo espaço.
"Diário indiscreto e outras confissões", sejam todos bem vindos e espero que gostem.

Mas não deixem de olhar meu outro blog, que também mudou de nome, nele eu colocarei meu lado mais cult e românitco..hihihi!!

http://www.uniblog.com.br/karlajanis/