Google+ Followers

sexta-feira, 11 de março de 2011

FUGINDO OU VIVENDO?



Tanta coisa acontecendo na minha vida nos últimos tempos, muita farra, às vezes boas, às vezes não tão boas, mas algumas vezes parece que estou fugindo de algo que não sei explicar, sei que não é de ninguém, mas pode ser de uma situação que ainda não vivi.

Toda vez que volto para minha rotina de trabalho e faculdade, parece tudo tranqüilo, mas quando vem chegando o fim de semana e vou logo achando um jeito de tentar preenchê-lo, para não descobrir realmente que estou sozinha.

Adoro meus amigos, adoro tudo que eu faço, mas não consigo preencher esse sentimento de vazio que às vezes fica dentro de mim.

Tenho que ter a consciência de que ficar em casa lendo um livro, vendo um bom filme ou fazendo uma comidinha gostosa, também pode ser um ótimo fim de semana. Enquanto não faço isso nos momentos que tenho tempo, vou tentando compensar na rotina corrida da minha semana,esquecendo o barulho e lendo no ônibus, tomando café na padaria, almoçando sanduíche e dormindo altas horas da madrugada, por causa de um filme, sendo que acordo ás 5:30 da manhã, sendo assim, o meu dia de trabalho vai se arrastando(por causa do sono).

Desta forma,esqueço-me das coisas simples e que realmente importam para preencher algum vazio que sinto na mente ou no coração.

Vou fugindo de várias coisas para tentar viver, ou vou vivendo sempre fugindo de várias coisas, coisas essas que não se explicar.

Minhas raízes estão no ar, minha casa é qualquer lugar, mas se depender de mim eu vou até o fim... (Até o fim – Engenheiros do Hawaí)

quarta-feira, 9 de março de 2011

NÃO É SALVADOR, MAS É BAHIA!







Depois do estresse do dia-a-dia do trabalho e da faculdade eu precisava fugir de Brasília e passar o carnaval e um lugar bem legal, onde pudesse me divertir, beijar, beber, dançar, sem me preocupar com nada..

Faltando menos de dois dias para o carnava,l eu recebo o convite dos meus primos para passar o carnaval em Barreiras- BA, não era Salvador como eu sonhava, mas era a BAHIA e carnaval lá é animado em todo o lugar, e no interior da Bahia, Barreiras tem o carnaval mais badalado.Fomos de carro, foi uma viagem super divertida.

Foram mais de seis horas de viagem até chegar à Bahia, quando chegamos lá fomos muito bem recebidos pela Cuta, uma amiga que mora lá em Barreiras. De noite começamos a nos arrumar para a festa na avenida, o primeiro dia pegamos o trio do Tatau, e depois vários outros que não lembro o nome, mas que eram bem animados( a bebida já tinha feito efeito), final da noite, quer dizer, começo do dia, 6:00 da matina em casa. Um cochilo apenas, pois logo, logo era hora de conhecer um pouco a cidade de Barreiras, que por sinal é uma gracinha, na praça central muito boteco e todos lotaaaados, só rolando a boa e velha marchinha de carnaval e por lá nós ficamos, depois fomos seguir o bloco de fantasias que estava passando, era cada figura, muito bom ver a criatividade das pessoas.

De noite mais trio elétrico na avenida principal da cidade, altas bandas bem animadas, muita cerveja, folia e beijo na boca, e mais uma vez chegando em casa com o dia amanhecendo, depois de algumas horinhas de sono, fomos conhecer o famoso “Rio de Ondas” da cidade, é um rio de ondas mesmo, por conta da forte correnteza, e foi daquele jeito, vidinha boa na beira do rio, tomando aquela “geladinha” e o problemas que ficaram na capital, sendo esquecidos temporariamente.


Segunda de carnaval foi a nossa última noite de folia e tive a oportunidade de conhecer uma banda maravilhosa, que foi a banda MOTUMBÁ, que toca um axé mais regional, com muito mais batuque, segui o trio até o fim e no final conheci os percussionistas e o vocalista Alexandre Guedes , que foi super simpático.

Mais uma vez, vendo o sol nascer, agora era só arrumar as malas e pegar a estrada, não ficamos até a terça, pois tínhamos que trabalhar na tradicional quarta feira de cinzas, a volta foi muito mais demorada, alguns acidentes e engarrafamentos, e nem vi muita coisa, pois dormir a viagem quase toda.

Esse carnaval vai ficar guardado como um dos mais divertidos, agora o ano começou, pois como muitos dizem: NO BRASIL O ANO SÓ COMEÇA DEPOIS DO CARNAVAL!