Google+ Followers

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Curtas e finíssimas!

"Epilepsia entre quatro paredes
O silêncio do telefone 
No dia seguinte
Amor de uma noite!"

"Junta-se os caquinhos
Cola-se tudo
Liga forte
Liga de "amor próprio"...

"E por fim...
É minha cabeça no seu peito
E sua mão em minhas costas
Meu maior conforto
Depois de uma noite nossa..."


"Liberto-me das amarras invisíveis
Dos padrões colocados
Dos conceitos pré fabricados
Do espelho sem reflexo..."



Karlinha Ramalho