Google+ Followers

segunda-feira, 30 de março de 2015

Barulho do teu silêncio!



"Eu só quero aquele silêncio que me traz paz
Não esse teu silêncio perturbador
Silêncio das palavras que deveriam ser ditas
Mas que não foram ditas
E que agora fazem barulho no meu pensamento..."

(Karlinha Ramalho)

Ausência


"Sinto falta de compor
Escrever poesias!

Sinto falta de tudo que me traz inspiração
Um pouco de loucura

Alimenta a criatividade.


Que o marasmo seja temporário.
Apenas uma pausa para respirar!"

(Karlinha Ramalho)

sábado, 28 de março de 2015

Diário

 
"Escrevendo, escrevendo...
Deixo uma lágrima cair na folha
Nunca vou esquecer o significado da lágrima...

Naquela página.
Eu e minha maneira de eternizar histórias
Com meu próprio punho..."
 
(Karlinha Ramalho)