Google+ Followers

domingo, 21 de novembro de 2010

Aceite-me!


Aceite meu amor louco
Assim como eu
Aceite meu amor intenso
Assim como todos meus atos
Aceite meu amor tolo
Assim como tu és
Aceite o que quiser de mim
Aceite-me
Como sou
Nada simples
Mas eu
Verdadeiramente...


Karla Ramalho




"Eu quero viver pra esperar,te esperar,devorar você..."(Djavan)

Vem rápido!


Vem rápido e diz que me quer
Vem rápido e sacia meus desejos
Vem rápido e rouba meus beijos
Vem rápido e faz tudo parecer verdade
Depois volta para a sua
realidade
Para a vida que escolheu.
Faz de mim sua
melhor aventura
Faz comigo sua maior loucura
Faça logo, pois isso não dura.
Mas nesse instante serás meu.
Faz de mim em uma noite
Seu maior e melhor abrigo
Faça planos de ficar comigo
Até o sol raiar.
Depois de terminado
Sai de fininho
Tranca a porta
E volta para sua vida
Não retorne apenas siga
Não precisa de despedidas.
E o que ficou
Passou...
É mais uma história
Que fica para trás
Terminou!

Karla Ramalho






Tudo bem, nada a reclamar

O tempo tem seu tempo pra passar.

A vida muda, como o vento, a direção

E o que passou não dá mais pra voltar, não.

(O que passou, passou - Toquinho)

Eu vivi uma história de amor!




Ela durou menos de uma semana, no começo eu conheci, flertei e fiquei sonhando com o tal “príncipe”, que mais parecia um sapo, mas como eu já havia dito, eu adoro os sapos!
Voltando a história... 

Eu o conheci, trocamos telefone, trocamos mensagens e aquelas coisas todas de paquera que nunca sai de moda.Nosso primeiro encontro foi no meio da multidão em um show que nem prestamos atenção, pois já resolvemos logo nos conhecermos melhor, quer dizer, dar aqueles beijinhos mais quentes para analisar se ele estava aprovado ou não.Ainda bem que nos dias de hoje as coisas mudaram, pois eu não tenho paciência de esperar muito.
Beijo vai, beijo vem, mão boba ali, mão boba aculá (gosto de lembrar não, ultimamente estou com uma carêeencia).Enfim, o cara estava quase aprovado, pois ainda faltava a segunda parte, que nem preciso dizer qual.
No outro dia, voltei para meu reino onde estou morando atualmente, uma pacata cidade goiana, assisti aula pela manhã e sábado à noite fiquei em casa como uma boa moça que sou (vai acreditando!).Só que no outro dia estava acontecendo um fenômeno que abala todo o mundo e principalmente o meu país. Calma! Não é uma guerra, mas é a Copa do Mundo e mais especificamente o segundo jogo da seleção brasileira, então voltei para o reino de San Sebastian
e eu como já havia dito que sou uma boa moça, com valores e princípios fui assistir o jogo ao lado da minha família, regado com muita cerveja dentro de latas falantes, caipirinha envenenada, vodka do mal, tudo bem encantado mesmo. Mas o verdadeiro intuito desses objetos encantados era me tirar do estado normal e como todo ser humano, eu sou fraca e cedi as tentações, me deliciei com todas aqueles venenos profanos que tiram nossa razão e que no meu caso me dar muito tesão.
Estava na hora de ligar para o meu príncipe, ou melhor, sapo.Quer dizer, meu “príncipe sapo”, no meio da minha embriaguez, já não era eu que estava ali, era outra pessoa, era a Karla possuída por todos aqueles líquidos alterados. E o meu “príncipe sapo” veio até mim, veio ao meu encontro, veio me buscar para fugirmos daquele lugar, não veio de cavalo, pois na cidade não é permitido, mas veio de carro. De lá fomos para um baile que estava acontecendo na cidade, dançamos muito, tudo muito romântico, até hoje me lembro da música, que era assim: Aê, aê, aê,aê ei ei ei, ei ô, ô, ô, ô, ô!!
Depois do baile pegamos o caminho de volta para o reino de San Sebastian, mas como disse, estava intoxicada pelas bebidas alteradas,então um espírito de Dionísio baixou em mim ou da Pomba Gira, sei lá!Só pensava em sexo, sexo, sexo.Fizemos sexo na carruagem, quer dizer no carro, mas como isso é um história de amor, fizemos "amor", foi nossa primeira vez.

Que fique bem claro que foi nossa primeira vez juntos, pois vocês sabem, os tempos mudaram...
Mas o “príncipe sapo” era um homem de princípios e viu na princesa que não era isso que ele estava  procurando, não em relação ao sexo, pois pelo que eu percebi ele gostou muito por sinal. Como controlar alguém daquela forma? Se ela fosse assim sempre?Como apresentar ela pra a alta sociedade?Mal sabia ele que eu estava dopada, envenenada...O “príncipe sapo” teve bom senso, deixou a princesa em seu humilde castelo, deu o último beijo e partiu.
E esse foi o fim de mais uma história de amor minha e de um príncipe que não ligou no dia seguinte.





Karla Ramalho


Sexo é escolha, amor é sorte (Rita Lee)

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Frustrante.


Depois de quase uma semana de aventura, estou eu aqui sozinha como de costume. A desvantagem de ter um coração leviano é que quando bate uma carênncia você sempre pensa em alguém especial. Todo mundo tem alguém especial, mesmo que não esteja junto dessa pessoa.

Pois então, eu fiquei em casa, sozinha, lendo e pensando nessa pessoa especial.Saco!

Tudo isso começou porque estava esperando uma ligação de um carinha, um encontro casual na sexta a noite, mas ele não ligou e não deu notícia, creio que ele perdeu ou eu ganhei algo.Ele perdeu porque eu estou carente e com certeza esse encontro ia acabar na cama e eu ganhei porque o encontro não rolou e eu não transei com o perigo de me arrepender no dia seguinte.

Procuro qualidade do que quantidade, mas se bem que é melhor que não me apareça nada casual por agora, estou carente e uma mulher desse jeito só faz besteira, fato!

Mesmo que passe muito tempo, eu me controlo,eu consigo,preciso manter o equilíbrio...Quero alguém que valha a pena, não precisa compromisso, mas tem que valer a pena.


"Sou errada, sou errante, sempre na estrada, sempre distante, vou errando enquanto o tempo me deixar..."(Kid Abelha)


Karla Ramalho

Chapando na Chapada!



Resolvi fugir da cidade grande nesse feriado e fui me esconder na Chapada dos Veadeiros, mas precisamente na Vila de São Jorge, um lugarzinho longe de tudo, mas onde todos os malucos se encontram.
Conheci o lindo "Vale da Lua" e outros lugares bem mísitcos e de noite curti as festinhas alternativas do lugar.
Eu, solteira, cafajeste e carente em São Jorge, foi praticamente impossível não "aprontar".Adorei a viagem, fui com duas amigas, todas duas lindas, inteligentes e bem resolvidas, ou seja, não devem nada pra ninguém, então...
APRONTAMOS TODAS!

Fugir para a Chapada, eu recomendo!

"Liberdade pra dentro da cabeça..."(Natiruts) Karla Ramalho

ELE DORMIU, EU SUMI!


ACHO SEXO CASUAL A COISA MAIS NORMAL DO MUNDO, QUANDO VOCÊ ESTÁ COM VONTADE TEM MAIS QUE SACIAR SEUS DESEJOS,O IMPORTANTE É SER FELIZ. SÓ ACHO QUE TEMOS QUE FAZER ESSE TIPO COISA E FICAR SÓ PRA NÓS MESMOS, É CLARO QUE CONTAR PARA A MELHOR AMIGA NÃO FAZ MAL, MAS NÃO É BOM FICAR ESPALHANDO POR AÍ, “COMI FULANO!”. EU SEI QUE ESTOU SENDO MEIO CONTRADITÓRIA, POIS ESTOU COLOCANDO AQUI NO MEU BLOG ESSE TIPO DE COISA, MAS NÃO IREI CITAR NOMES.

EU SEMPRE GOSTEI DE ME RELACIONAR COM CARAS MAIS VELHOS, SEJA PARA SEXO CASUAL OU PARA ALGO SÉRIO MESMO , UM HOMEM DE TRINTA À QUARENTA ANOS PARA MIM ESTÁ PERFEITO, POR ELES SEREM MAIS MADUROS, COM UMA MENTE MAIS ABERTA PARA ESSA QUESTÃO DO QUE É CERTO E ERRADO, ALÉM DE SEREM MAIS EXPERIENTES EM TODOS OS SENTIDOS.

TINHA UM TEMPINHO QUE ESTAVA FICANDO COM UM CARA DE QUARENTA ANOS E ESTAVA SENDO ÓTIMO, MAS HAVIA ALGUNS PROBLEMINHAS QUE NOS IMPEDIAM DE FICARMOS JUNTOS, POR ISSO RESOLVI TERMINAR COM TUDO, POIS JÁ ESTAVA GOSTANDO MUITO E NÃO QUERIA SOFRER, TINHA QUASE CERTEZA QUE ISSO IA ACONTECER, ENTÃO RESOLVI FICAR SOZINHA POR UM TEMPO.

TRABALHANDO NA CAMPANHA ELEITORAL COMECEI A ME ENVOLVER COM UM CARINHA AÍ, ELE NÃO ERA MAIS VELHO ESTAVA NA CASA DOS VINTE E POUCOS ANOS E COMO DISSE,HOMEM PRA MIM TEM QUE ESTÁ NA CASA DOS TRINTA À QUARENTA, MAS ENFIM, RESOLVI ME DESLIGAR DESSE ESTERIÓTIPO QUE CRIEI PARA OS HOMENS QUE ME RELACIONO E RESOLVI ME ENVOLVER.

NO COMEÇO SÓ BEIJINHOS,TELEFONEMAS, PAQUERAS TAL...MAS AÍ EU TOMEI A DECISÃO, ESTAVA MUITO TEMPO SEM TRANSAR, CARENTE DEMAIS E ACHEI QUE HAVIA CHEGADO A HORA.LÁ FUI EU USAR MEU PODER DE SEDUÇÃO QUE ACABOU DANDO CERTO. NA CASA DE UM CARINHA COM VINTE E POUCOS ANOS E QUE TINHA ACABADO DE SAIR DA CASA DOS PAIS, NÃO TINHA ARRUMADO A CASA DEPOIS DA MUDANÇA, LÁ ESTAVA EU EM UM COLCHÃO DE CASAL NO CHÃO,DETALHE, TODOS OS DOIS SUPER BÊBADOS , POIS ESTÁVAMOS VINDO DE UMA FESTA.

TUDO COMEÇOU BEM, PARA UM CARA DAQUELA IDADE ELE SABIA FAZER DIREITNHO, MAS CLARO QUE PARA MIM TUDO ERA APENAS O COMEÇO, ALIÁS, ESTAVA MESES DE CARÊNCIA, NO ENTANTO , DEPOIS QUE TERMINADA A PRIMEIRA SÓ VEJO O CARA APAGAR DO MEU LADO, TENTEI ACORDÁ-LO, POIS EU ESTAVA ALÍ SEDENTA QUERENDO REPETIR A DOSE, SER SACIADA NOVAMENTE COMO ERA DE COSTUME COM O QUARENTÃO, E NADA! O CARA APAGOU! QUE RAIVAAAAAAAAAA!!

SENTI-ME PÉSSIMA, MINHA AUTO-ESTIMA FOI LÁ PRA BAIXO, ME SENTI USADA, NUNCA UM SEXO CASUAL ME FEZ TÃO MAL, ME SENTI UMA QUALQUER E EU NÃO SOU, PAGO MINHAS CONTAS E FAÇO O QUE QUISER DA MINHA VIDA.

VESTI MINHA ROUPA, FUI EMBORA COM VONTADE DE CHORAR, DE XINGAR, DE VOLTAR, ACORDÁ-LO E DAR UM MONTE DE TAPA NA CARA DELE, FALAR PRA ELE APRENDER A SER HOMEM DE VERDADE, MAS NÃO, PEGUEI ÔNIBUS VOLTEI PARA MINHA CASA, NEM CONSEGUI DORMIR O RESTO DA NOITE, COLOQUEI O CD “AS CANÇÕES QUE VOCÊ FEZ PRA MIM”, ONDE MARIA BETHÂNIA CANTA ROBERTO CARLOS, E FIQUEI PENSANDO NO MEU QUARENTÃO QUE HAVIA TERMINADO E O QUANTO EU SOU TOLA POR DEIXAR PESSOAS COMO ELE SAÍREM DA MINHA VIDA.

NO DIA SEGUINTE O “BOM DE CAMA”(DEITA E DORME) ME MANDA UMA MENSAGEM ASSIM:VOCE SUMIU! E EU BEM EDUCADA RESPONDO:VOCÊ DORMIU...FUI!

“...Pelos seus carinhos
E só me encontro se me perco
No seu corpo
E embora eu já conheça bem
Os seus caminhos

Me envolvo e sou tragado
Pelos seus carinhos
E só me encontro se me perco
No seu corpo...”

(Roberto Carlos)

*Na voz da Maria Bethânia é perfeita!