Google+ Followers

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Joguei as cinzas...


Hoje resolvi entregar suas coisas, recolhi tudo seu que ainda estava por aqui. Joguei fora as cinzas e bitucas de cigarro que ainda estavam no cinzeiro.. Troquei os lençóis de cama, fiz uma faxina e em seguida, acendi um cigarro, um incenso e fiz um café.
Tentei eliminar todas as lembranças dessa relação de engano. Renovo-me e acredito na minha força e no meu valor. Busco nas minhas preces e nos meus guias espirituais a minha luz e o meu amor própio para assim não aceitar mais migalhas. Busco aprender a receber o amor e vivê-lo em paz.
Muito mais que paixão, minha paz é mais importante. Meu amor ferve, mas também acalma, pois meu coração é bom e meus pensamentos positivos. Coloco para fora de minha casa todas as lembranças suas, assim como o tiro da minha vida.
Nunca é tarde pra recomeços!

Karlinha Ramalho



Eu hoje joguei tanta coisa fora
Eu vi o meu passado passar por mim
Cartas e fotografias gente que foi embora
A casa fica bem melhor assim

                                                        Tendo a Lua - Paralamas do Sucesso

Nenhum comentário: